Criar aplicativo para supermercado: 7 fatores que você precisa saber

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Email -- 0 Flares ×

Muitos empreendedores desejam criar aplicativo para supermercado simplesmente porque está “na moda” criar seu próprio aplicativo, mas não procuram saber o real benefício, nem o que o aplicativo pode gerar de receita (R$) ou novos clientes.

Em 2016, vimos um número crescente de pessoas usando tablets e dispositivos móveis em vez de computadores de mesa para navegar na internet. Em média, o número combinado de usuários de celulares e tablets finalmente superou o número de usuários de desktop globalmente e a tendência ascendente continua.

Esse fato significa que os desenvolvedores da Web muitas vezes precisam criar duas ou três versões de um site para garantir que as pessoas em telas de todos os tamanhos tenham uma boa experiência de usuário e, portanto, são mais propensos a converter. Os proprietários de sites também podem usar um design web responsivo ou criar um aplicativo de negócios para oferecer uma boa experiência de usuário em todos os dispositivos.

Os visitantes que usam um smartphone para navegar por um site que não seja amigável para dispositivos móveis, em média:

  • Gastam menos tempo navegando no site (usuários de smartphones são rápidos em desistir de um site ruim).
  • São menos propensos a realizar quaisquer ações desejáveis (como fazer uma compra ou ligar para um número de telefone).
  • Mais propensos a voltar aos resultados do mecanismo de pesquisa  (para visitar outro site).

É realmente importante analisar como os usuários de celulares e tablets interagem com o seu site, para que você possa descobrir se há preocupações importantes que precisam ser abordadas.

Diante deste cenário, os empreendedores que desejam criar aplicativo para supermercado devem levar em consideração alguns fatores de extrema importância:

Plataforma

Ao se pensar em criar aplicativo para supermercado é preciso, antes de mais nada, decidir para quais plataformas (sistemas operacionais) deseja disponibiliza-lo. As mais populares hoje em dia são Android (Google) e iOS (Apple). A diferença entre elas não é apenas estética, o que foi desenvolvido para uma pode não funcionar na outra.

Só pra ter uma ideia, o sistema operacional mobile mais utilizado no mundo é o Android, com 85% dos usuários, seguido pelo iOS com 14,7%.

Tecnologia

Com base na escolha da plataforma, algumas perguntas devem ser respondidas. Entre elas: devo desenvolver um aplicativo nativo, um web App ou um aplicativo híbrido?

Cada forma apresenta um prazo diferente para desenvolvimento. Será necessário analisar se atenderá ao prazo que você pretende lançar o aplicativo e se o orçamento está dentro do planejado.

Aplicativo nativo

Aplicativo nativo é aquele desenvolvido na linguagem exclusiva de determinado sistema operacional e se encontra nas App Stores.

Para o Android os aplicativos devem ser desenvolvidos nativamente em Java. Já para iOS, a linguagem de programação utilizada é Objective-C.

O aplicativo nativo é mais rápido e confiável, é perfeitamente integrado com os recursos de cada aparelho como: câmera, GPS e notificações push. Por outro lado, caso queira disponibilizar para ambas as plataformas, terá de criar aplicativo para supermercado para cada uma delas, aumentando consideravelmente o custo de manutenção se desejar atualizá-lo futuramente.

Web App

É um site desenvolvido para dispositivos móveis. Ao ser acessado por smartphone, o layout do site se adapta ao tamanho da tela. Geralmente oferecem uma boa experiência ao usuário e são mais baratos e rapidamente desenvolvidos.

A programação do Web App é feita basicamente em HTML5, CSS e Javascript.

É possível acessá-lo de qualquer dispositivo desde que tenha um navegador instalado e acesso a internet. Por outro lado, ele não pode ser disponibilizado nas App Stores, perdendo assim uma importante fonte de tráfego e de downloads.

Aplicativo híbrido

Este tipo de aplicativo é uma junção da tecnologia nativa com o web app e poderá ser disponibilizado nas App Stores.

O aplicativo híbrido é programado nas linguagens HTML5, CSS e Javascript, assim como um site mobile. Este código é encapsulado dentro de um container e integrado com as funcionalidades nativas do dispositivo, ao final do processo é gerado um aplicativo para a plataforma desejada, seja Android ou iOS.

Este tipo de aplicativo é mais simples e, consequentemente, mais rápido de se desenvolver.

Fique Atualizado

Facilidade de navegação

Agora vamos falar da etapa de desenvolvimento do aplicativo para supermercado. Hoje em dia, como venho frisando, é muito importante focar na experiência do usuário, pois o usuário está cada vez mais impaciente e se não gostar do aplicativo na primeira vez que usar, pode desinstalar e nunca mais voltar a usa-lo.

Por isso, não pule a etapa de design de telas do App e fique atento na navegação entre elas.

Velocidade do aplicativo

Juntamente com a facilidade de navegação, a velocidade na abertura de telas do aplicativo é outro ponto crucial para a desistência dos usuários. É muito importante que o App não faça uso de plugins pesados, que sobrecarreguem a capacidade de processamento dos dispositivos ou façam requisições externas de conteúdo e demorem para exibir as informações.

O famoso “Loading” faz muita gente desistir de navegar pelo aplicativo. Então, acompanhe a criação do aplicativo para supermercado de perto e fale diretamente com a equipe de programação a respeito de possíveis lentidões.

Integração com redes sociais

Deixe o usuário compartilhar o conteúdo de seu app, interagir com seus seguidores nas redes sociais, permita que ele faça login pelo Facebook, Instagram, Twitter ou Google.

Este quesito também faz parte da facilidade de navegação, pois visa economizar o tempo do usuário em criar o login no app ou compartilhar conteúdos com rapidez.

Integração com servidor ou e-commerce

No ramo de supermercados é imprescindível possuir uma base de dados central de produtos com o estoque e disponibilidade, bem como de clientes e pedidos.

Caso o empreendedor queira permitir a venda de produtos pelo aplicativo, deve-se integra-lo a esta base de dados para que as operações feitas no aplicativo sejam eficientes, ou seja, para que o processo de compra seja confiável. Assim, diminui-se a taxa de conflito de dados e pode-se controlar as informações em um ponto central, diminuindo o retrabalho de atualizar os dados em vários sistemas.

Notificações

Uma das maiores vantagens em se criar aplicativo para supermercado é notificar diretamente o usuário sobre ofertas, movimentação do pedido e atualizações dos produtos no carrinho.

O método que todas as empresas usam é a notificação via e-mail, mas a maioria das mensagens vai parar na caixa de spam. Uma forma eficaz de resolver esse problema é enviar notificações push por meio do aplicativo, assim o usuário tem muito mais chances de ler e realizar alguma ação, já que a notificação aparecerá na tela do dispositivo.

Por isso, na hora de desenvolver o aplicativo, não esqueça de solicitar o recurso de notificações push.

Conclusão

Reflita sobre o objetivo do aplicativo: aumentar as vendas, automatizar processos, aproximar-se dos clientes, fortalecer a marca, etc. São várias as possibilidades e razões para o seu supermercado possuir um aplicativo.

O aplicativo só será um sucesso se ele resolver o problema dos consumidores, de maneira fácil e prazerosa. Por isso garanta velocidade de carregamento, com uma interface simples e intuitiva.

Gostou do artigo? Ficou com dúvidas? Tem outras sugestões?

Deixe seu comentário ou sua dúvida para podermos discutir sobre o assunto!

Forte Abraço e até a próxima!

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Email -- 0 Flares ×

Atua na área digital desde 2008, focado em empreendedorismo, projetos de Marketing Digital e Desenvolvimento de soluções web e mobile. Adora desafios e está sempre atento a novas tecnologias e possibilidades.