Como começar um e-commerce de supermercado com MVP?

Como começar um e-commerce de supermercado com MVP?

MVP (Minimum Viable Product – Produto Minimamente Viável) é um teste que deve ser feito para validar uma ideia e seus impactos. Isso ajuda a verificar se uma visão inicial se concretiza com sucesso e se pode ser usada.

Trabalho em uma empresa especializada projetos digitais e comumente damos consultoria para supermercados e empresas de varejo, sempre que possível realizamos os testes de conceito para validar e preparar minimamente operações para um pedido digital e assim conseguimos validar a operação interna do supermercado ou varejo.

Lembrando que geralmente a equipe interna de nossos clientes não está habituada com o mundo digital e suas implicações na operação interna, sendo nosso objetivo ensiná-los a vivenciar a nova rotina. Dessa forma, sugerimos que os mesmos usem o MVP para iniciar a implantação da nova cultura e que o supermercado possa iniciar o processo de venda pela internet no menor prazo e custo relativamente baixo.

Com o MVP para supermercado, a equipe de cadastro de produtos começa a ter o entendimento necessário para produzir o conteúdo para vender na internet de maneira a converter em maior número de compras.

O departamento comercial pode ser envolvido caso o processo de compras gere problemas no envio e recebimento dos produtos, uma vez que deve-se garantir que os produtos tenham rápida reposição em vendas sem estoque, diminuindo a possibilidade de cancelamentos de pedidos.

Em geral, leva-se de 1 a 2 meses para colocar um MVP de supermercado no ar, com toda a estruturação de cadastros efetuados e pronto para as vendas. Se houver a necessidade de implementação ou customização de algum sistema, naturalmente o projeto acaba se estendendo um pouco mais.

Porém, como o MVP trata-se de uma experimentação, nada impede de subir um produto para teste mesmo sem a estrutura mínima pronta, para que o cliente possa experimentar todas as etapas da venda e sua operação, de forma que consiga materializar e entender a importância de cada requisito e atividade.

Algumas vantagens do MVP de e-commerce para supermercado:

  • Escolha do mix de produtos que quer vender, podendo subir apenas produtos estratégicos.
  • Utilização de uma plataforma pronta para começar a vender online.
  • Deter o registro de domínio para gerar credibilidade e alavancar as vendas na internet.
  • Não precisa cuidar do processo de aprovação do pedido.
  • Permitir o agendamento de entrega das compras.
  • Efetuar vendas em qualquer horário.

Deste modo, a implementação do MVP de supermercado para começar um e-commerce abrange: a definição da plataforma, a análise dos produtos que serão vendidos, o entendimento dos problemas que precisarão ser sanados durante a operação, a contratação do ecossistema básico para auxiliar na realização do pedido online, o roteiro de testes para validar a nova operação e treinamento da equipe.

Utilizando o MVP para supermercado, conseguimos fazer com que o cliente obtenha a melhor curva de aprendizado com o menor nível de exposição, protegendo a marca e operação durante a estruturação do novo projeto digital.

Gostou do artigo? Ficou com dúvidas? Tem outras sugestões?

Deixe seu comentário ou sua dúvida para podermos discutir sobre o assunto!

Forte Abraço e até a próxima!

Atua na área digital desde 2008, focado em empreendedorismo, projetos de Marketing Digital e Desenvolvimento de soluções web e mobile. Adora desafios e está sempre atento a novas tecnologias e possibilidades.