A vez do minimercado ou mercadinho

Com a modernidade e com menos tempo para fazer compras, o consumidor está buscando cada vez mais a comodidade e praticidade no momento de fazer suas compras de supermercado. Assim, alguns empreendedores estão reinventando um modelo de negócios que está ganhando força no Brasil: o mercadinho ou minimercado.

minimercado

Além da expectativa positiva desse setor, este tipo de estabelecimento satisfaz o consumidor nas compras do dia a dia, pois possui um diferencial dificilmente encontrado em grandes supermercados, o atendimento personalizado feito pelos donos, assim é possível trocar àquela ideia sobre o clima, novela, futebol, família, vizinhos… e comprar seu pão, seu leite, seu café, suas frutas, entre outros.

A tendência é que o minimercado venha a crescer em números (quantidade), já que não exige tanto investimento e pelas tecnologias cada vez mais acessíveis para o pequeno supermercadista, que pode bater de frente com concorrentes de porte maior.

Falando em tecnologia ou soluções, existem diversos meios para que o pequeno empreendimento possa expandir sua área de atuação e ir além das vendas de bairro. Hoje todos têm acesso as redes sociais, é lá que a maioria das pessoas abaixo dos 40 anos de idade podem ser encontradas, isso abre uma possibilidade imensa de realizar vendas além da “fronteira” que antes era delimitada. Basta criar publicações e campanhas interessantes e direcioná-las de maneira adequada ao seu público-alvo, depois esperar a visita ou os envios das listas de compras dos seus novos clientes.

Além das redes sociais, existe algo muito interessante que pode ser usado pelos minimercados para aumentar o número de vendas: o e-commerce para supermercados. Trata-se de uma plataforma diferente dos e-commerces tradicionais, pois nesse tipo de solução é possível que o cliente faça o agendamento da entrega ou retirada das compras, bem como a seleção fracionada de produtos vendidos por Kg, como: frutas, carnes, queijos, etc.

Este tipo de tecnologia está se tornando cada vez mais popular, já que o preço de adesão baixou muito de alguns anos para cá. É um canal muito importante, que deve ser levado em consideração para o aumento de vendas em minimercados, já que o cliente pode comprar hoje as 23:59 e agendar a entrega para depois de amanhã no endereço onde ele trabalha ou mesmo em sua casa. Isso abre potencialidades para minimercados antes inalcançáveis.

Estamos vivenciando a era da tecnologia, o virtual está se tornando onipresente em nossas vidas, qualquer pessoa pode ter acesso à internet e ao mundo de possibilidades que ela oferece, basta o empreendedor visionário estar antenado e fazer uso de estratégias e tecnologias para se destacar e alcançar mais clientes, não importando o tamanho do estabelecimento. Sair da zona de conforto é crucial para evoluir.

Bacharel em Sistemas de Informação, atua no mercado digital desde 2008, focado em empreendedorismo, projetos de desenvolvimento de soluções web e mobile. Adora desafios e está sempre atento a novas tecnologias e possibilidades.