3 coisas que você precisa saber sobre supermercado online

24 Flares Twitter 0 Facebook 24 Google+ 0 LinkedIn 0 Email -- 24 Flares ×

A nova crescente do e-commerce brasileiro é o segmento de supermercado online. A todo instante surgem artigos, notícias e reportagens sobre esse novo nicho de vendas pela Internet.

Analisamos algumas informações que julgo importantes para você que utiliza ou tem interesse em expandir seus negócios nesse “novo” nicho.

Somente 1% dos supermercados do Brasil possuem e-commerce

1% de supermercado online

Apenas 1% de supermercados atuam em âmbito digital

Sim, e nem procurei a quantidade de cidades que já prestam esse tipo de serviço, ou seja, é uma grande (grande mesmo) oportunidade para ser pioneiro nesse segmento. Embora seja uma mudança de tradições a realização de compras em supermercado online, não há dúvidas de que esse nicho está caminhando em passos largos. Algumas pesquisas indicam o crescimento do nicho no e-commerce nacional.

Lembre-se: Quem sai na frente sempre terá uma atenção maior do público-alvo.

O maior vilão do supermercado online ainda é a logística

A logística ainda é crítica

Um ponto crítico do supermercado online é a logística

Analisei em algumas pesquisas e constatei que o que tem incomodado os clientes são os possíveis atrasos, pois a logística tem um impacto direto em relação as vendas de supermercado online.

A logística peculiar do supermercado (o seu cliente quer a entrega das compras na hora exata em que a mesma foi agendada) é um ponto crítico que deve ser muito bem estudado pelo supermercadista que prestará esse tipo de serviço. Entregando os produtos solicitados corretamente na hora definida, você tem uma grande oportunidade de satisfazer o seu cliente e garantir novas compras futuramente. Tudo isso é possível!

É uma magnífica forma de fidelizar e conhecer o seu cliente

Supermercado Online fideliza o cliente

O supermercado online possui as ferramentas para a fidelização do cliente

Sabe-se que para um supermercado é muito difícil conhecer seu cliente (não o perfil genérico de quem compra, eu me refiro a cada um dos seus clientes que entra e sai do supermercado), pois a pessoa entra no estabelecimento, faz suas compras, passa no caixa, e sai, sem nenhum atendimento personalizado. Esse modelo antigo ainda perdura tornando praticamente impossível ao supermercado saber quem está comprando.

Um sistema de supermercado online transforma esse modelo num molde totalmente diferente, permitindo ao supermercadista saber quanto, quando e o que os seus clientes compram, liberando um leque muito grande de possibilidades de atuação sobre o cliente de forma a possibilitar sua fidelização, pois você saberá seus hábitos de consumo e conseguirá oferecer o que ele procura.

 

Pergunta rápida para você…

Gostou do artigo? Ficou com dúvidas? Tem outras sugestões?

Deixe um comentário, pois leio absolutamente todos e tento respondê-los :)

Até a próxima!

24 Flares Twitter 0 Facebook 24 Google+ 0 LinkedIn 0 Email -- 24 Flares ×

Formado em Sistemas de Informação e Pós-graduado em Engenharia da Produção. Cursa MBA em Marketing pela FGV e Pós-graduação em Engenharia e Qualidade de Software pela UNOESC. Trabalha como Analista de Sistemas e também Professor Universitário na área de E-commerce, Marketing Digital e Eng. de Software. Soluções inovadoras para desafios corriqueiros é o seu objetivo.

  • Willian Thalles

    Olá.
    Sou universitário da federal do Amazonas – UFAM no curso de Eng de Petróleo e Gás (nada a ver com o negócio srsr) mas a cerca de 2 anos atrás tive a ideia de montar esse tipo de ramo em Manaus, mas como não tenho dinheiro para montar um supermercado, tive a ideia de fechar parceria com um “grande” aqui, mas estou encontrando muitos desafios, principalmente na área de logística, e na parte do plano de negócios estou tendo dificuldades para enxergar os custos desse ramo, gostaria de saber se você pode fazer uma postagem sobre isso ou se pode listar alguns aqui para mim .

    Desde já Agradeço

    • Novo artigo já vai sair Willian, como conversamos por e-mail. Agradecemos o acesso e sempre estou disponível para qualquer conversa! abraços!

  • Thiago Macario

    boa noite tenho muito interesse em fazer algo do tipo aqui na minha cidade tem alguma forma de conversarmos ?? whatsapp ? email ? telefone ? queria uma orientação.

  • Paulo

    Acredito que a ausência de supermercados online se deva a puro desinteresse dos empresários. É mais fácil vender presencialmente do que pela internet. Eles já faturam muito bem com o comércio tradicional e é provável que não haja público suficiente para compensar a implementação de um e-commerce.
    Diz-se que a internet se popularizou, mas isso é uma meia verdade. Grande parte das pessoas só sabe o básico: ver vídeos, acessar o Facebook e o Whatsapp em aparelhinhos minúsculos.

    • Bom dia, Paulo, tudo joia?
      Realmente, você tem razão.
      Em nossas experiências, supermercados têm mais utilizado a plataforma para que consigam ter outros canais de atendimento (e venda, claro) com seu cliente, proporcionam formas de divulgarem seus preços e promoções, ou seja, acaba sendo um ganho indireto, mais de envolvimento do que de venda realmente.
      Algumas pesquisas do ano passado (são várias, de alguns jornais) indicam que, em alguns nichos de mercado, até 90% das pessoas pesquisam preços online para antes comprar.

      São detalhes e detalhes que agregam à empresa, mas exatamente como você pontualmente citou: Eles já faturam muito bem. E isso se dá por que é um mercado (aqui no termo amplo da palavra) diferente:
      Não há parcelamento, não há atendente, não vende pela web (no geral) e o supermercado sequer conhece seu cliente (cadastro, etc).